s-u-n-t
Beleza não é ter um cabelo longo, pernas finas, pele bronzeada e dentes perfeitos. Acredite em mim. Beleza é o rosto de quem chorava e agora sorri. Beleza, é a cicatriz no seu joelho que você tem desde aquela vez que você caiu quando era criança, beleza é quando o amor não te deixa dormir de noite, beleza é a expressão no seu rosto quando o despertador toca de manhã. É a maquiagem borrada quando você toma banho, é a gargalhada de quando você conta uma piada e só você entende. Beleza é encontrar o seu olhar e ficar sem rumo, beleza é o seu olhar quando eu olho para ele, é quando você chora por suas paranoias, são as linhas de expressão marcadas pelo tempo. Beleza é o que a gente sente por dentro e que também reflete por fora. Beleza são as marcas que a vida nos deixa, todos os chutes e caricias que as memórias nos dão. Beleza, é se deixar viver.
Emma Watson.   (via s-u-n-t)
s-u-n-t
Não sei ao certo porque eu deito na cama no meio de uma tarde enquanto poderia estar fazendo milhares de outras coisas por aí. Dificilmente eu estou cansado nesse horário, mas eu sinto uma vontade de ficar lá olhando pra cima por um momento, sem música, sem luz, sem barulho. E pode acreditar, não é sono. Talvez eu tenha encontrado um lugar que eu consiga desistir sem que ninguém veja, escute ou perceba. Nem mesmo eu. Ando fazendo muita coisa escondido de mim.
Sean Wilhelm.   (via s-u-n-t)
s-u-n-t
Cansar, todo mundo cansa. Mas ninguém morre de cansaço. É normal querer chutar o balde. Você não é diferente dos outros. Todo mundo cansa da cara de todo mundo. E nem por causa disso você vai largar o seu chefe quando ele pegar no seu pé, vai largar a escola, vai largar os estudos, vai abandonar a faculdade quando cansar dos professores, vai largar a mulher quando cansar da cara dela, vai abandonar o filho quando não aguentar mais a mesma rotina de pai. Ou vai? A escolha é sua. A consequência também. Se quiser um estímulo para estudar, pense que quando largar o colégio nunca mais vai ter que olhar para a cara desses tais idiotas. Pense que não terá mais que estudar o que você não quer. Mas se quiser ficar reclamando da vida, tudo bem. Só tornará as coisas mais difíceis pra você mesmo. E só pra você. Todo mundo já tem suas próprias coisas pra se cansar.
Cinzentos  (via s-u-n-t)
s-u-n-t
O dia está feio. Meu coração está afundado. E eu só não me atiro dessa janela porque tem grades, e eu passaria um trabalhão tentando removê-la sem as ferramentas necessárias. Outro contra, também, é que moro no segundo andar e a distância até o piso não se anuncia muito letal, então o máximo que eu ia conseguir é deslocar alguns membros importantes e ficar sangrando para a diversão de um monte de cretinos abelhudos sem mais nada pra fazer, até que alguma ambulância resolva aparecer. Logicamente, é melhor seguir fazendo o que melhor sei fazer, que é sofrer calado, entrar no banho e ir estudar naquela bosta de lugar.
Gabito Nunes  (via e-nunciar)
s-u-n-t
Finais são deprimentes. Já imaginou? Você nasce, vive ou existe durante certo tempo e acaba morrendo. Fim. Você conhece uma pessoa pela internet, começa a conversar com essa pessoa, surge amizade, e com o tempo vão surgindo novas pessoas e essa amizade vai ficando para trás. Fim. Você começa stalkeando alguém da escola, puxa assunto, chama pra sair, abraça, beija, acaricia, inicia um romance e depois de cinco meses acabam tendo uma discussão. Fim. Você entra no ensino médio, convive por três anos com 43 pessoas e depois, em uma festa de formatura, os choros selam a tão indesejada despedida. Fim. Você começa a cursar uma faculdade e depois de cinco anos, vê um diploma e se pergunta: Estou pronto? Vê que sim e deixa mais uma etapa de lado. Fim. Você arranja um emprego na Construtora X e depois de um tempo recebe promoção e tem que deixar a cidade para assumir uma grande obra em outro estado e assim, tem que deixar coisas de lado. Fim. Em meio a viagens, você conhece o amor da sua vida e se vê lotado de sentimentos, engatam um namoro, noivam, casam, tem dois filhos e se separam. Fim. Ou quem sabe, decide conviver os anos que restam com essa pessoa. Fim. Você percebe que a família que tinha no início: pai, mãe, irmão e derivados, todos partiram. Restou apenas tu e o início de outro fim. E são em meio a estes pensamentos que vemos que a cada dia sofremos despedidas. Que a cada dia temos que dar adeus, seja ao professor que foi embora para conseguir um emprego melhor, ou seja ao colega que não aguentou a rotina e teve que sair da escola. Seja àquela namorada de infância que teve que ir pra cidade grande enquanto você continuava a jogar bola no quintal dos avós. Ou para aquela ficante do ensino fundamental, que só pensava em algodão doce. Tem também a namoradinha do ensino médio, com quem você teve a primeira vez. E os amigos? São as despedidas mais dolorosas. Dar adeus a quem você jurou um para sempre, ou a quem você prometeu nunca abandonar, nunca é fácil. Porém, todo final anuncia um novo começo e assim a vida segue um ciclo, onde só acaba com a morte. Fim. Espera, tem aqueles, que como eu, acredita em vida após a vida. E sendo assim, torna-se parte de um período de continuidade. Torna-se infinito em um mundo repleto de finais.
Sou um ser feito de barro, apenas.  (via s-u-n-t)